Lisboa Soa - Encontro de Arte Sonora, Urbanismo e Cultura Auditiva
20 - 23 September 2018, Lisbon (PT)

Diana Policarpo - Chinampa (let the water lose its still form), 2018












Installation view.

Diana Policarpo
Chinampa (let the water lose its form), 2018

6-channel Sound Installation
Site-Specific

Duration: 45'

Terraço da Mãe D'Água, Lisbon (PT)



Em (let the water lose its still form) Diana Policarpo constrói uma ilha artificial de sons, texturas e direções. Situada sobre a Mãe d'Água de Lisboa, onde a água do seu reservatório alimentou a cidade no passado, e os sons que acompanhavam a sua viagem, retornavam circularmente à ilha, ao tanque do reservatório. Actualmente em desuso, a bacia encontra-se parada, povoada pelos seus próprios ecos. A composição sonora de Policarpo parte de gravações no local que seguem o som à medida que este se movimenta à volta de tanto formas naturais como de superfícies da arquitetura interna de Mãe d'Água, onde o líquido assume a forma da sua envolvente. (let the water lose its still form) situa o edifício e o tanque de água como ponto de partida e a captação de frequências audíveis e inaudíveis—os sons da água e a pausa no interior—transpostas para o terraço árido do edifício. A peça transforma as reverberações do tanque, prolonga-as e adensa-as numa assombrosa textura de espaço e de movimento perdido. Ocupando o perspectiva da água, Policarpo usa sobreposições sónicas para construir  um "jardim flutuante" sonoro, "terreno fértil" ou “leito de lago raso" ao ar livre e propõe um corpo insular com a ilusão de volume e movimento.

Produced by Diana Policarpo
Sound Engineer: Brendan Feeney, Wave Studios
Photography: Vera Marmelo

Curated by Raquel Castro

More info here: http://www.lisboasoa.com/